Marcelo Torca
Cultura e Arte!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Diga não ao Terrorismo!

É preciso que cada pessoa faça a sua manifestação, negue o terrorismo, não dê chance a essa forma de manifestação evoluir, pois só atrapalha e não trás nenhuma vantagem, apenas medo e insegurança. As pessoas querem viver em paz e liberdade, com segurança, tendo o direito de expressar seus sentimentos e ideias de forma livre, arte como um todo, sem ter que perguntar se pode ou não publicar, respeitando sempre o próximo.
Hoje há uma luta contra ideologias totalitárias, aquelas que querem se impor da pior forma, com o uso extremo da violência, com argumentos fora da realidade do século XXI, dizer não ao terrorismo e manifestar isso, é uma forma de reafirmar a vontade pela paz e liberdade.
O que aconteceu em Paris, França em 13 de novembro de 2015, foi uma grande catástrofe, na qual pessoas inocentes perderam a vida, trabalhadores, alguns deles estavam se divertindo, e de uma hora para outra, a vida foi ceifada, de forma cruel e sem sentido, já que a autoria dos que cometeram o terrorismo, apresentam argumentos que não são sustentáveis para o século XXI, fazem parte de um retrocesso, são totalitários, e esqueceram que, como seres humanos e irmãos, é através do diálogo e manifestações pacíficas é que se chega há um consenso, e não usando a força de forma irracional.
Que a Paz e a Liberdade tenham cada vez mais força nos corações de cada irmão, de cada pessoa humana...

Fonte da imagem: France-wallpaper-HD-Background-57 www.dreamtours.com.br/node/111
Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 14/11/2015
Alterado em 14/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcelo Torca, www.marcelotorca.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários