Marcelo Torca
Cultura e Arte!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


FIMT 2017

FIMT 2017: Ressurreição

https://www.clubedeautores.com.br/book/231441--FIMT_217_Ressurreicao?topic=militar#.Wv6FbDQvwps

Abertura pág. 04
Perdão pág. 05
Aleluia, Renasceu pág. 06
Glória pág. 08
Reflexão pág. 10
Redenção pág. 12
Alegrias pág. 14
Salvação pág. 16
Dia do Senhor pág. 18
Ascensão pág. 20

FIMT 2017

https://www.clubedeautores.com.br/book/230950--FIMT_217?topic=militar#.Wv6FXDQvwps

Esta obra, de autoria de Marcelo Torca, é um concerto para piano e orquestra, onde há solo de piano, variando com solos de vários instrumentos da orquestra. Uma obra que fala sobre os novos desafios da humanidade, conquistar o espaço sideral, encontrar novas fronteiras, algo que ainda é perigoso, mas atraente pelo desafio que é proposto.
Os movimentos estão relacionados com a decolagem de uma nave espacial, com o sentimento de indecisão, já que ter posições seguras com esse desafio, é complicado. A decolagem, a viagem. É um caminho de surpresas, novidades, incompreensão. Há a necessidade de estudos sobre o que é o novo, e sobre o que e incompreensível, mas que um dia se tornará compreensivo.
Grade: Piano e Orquestra
01. Flautim
02. Flauta
03. Oboé
04. Corne Inglês F
05. Requinta Eb
06. Clarinete Bb
07. Clarone Bb
08. Fagote
09. Sax Alto Eb
10. Sax Tenor Bb
11. Sax Barítono Eb
12. Trompa F
13. Trompete Bb
14. Trombone
15. Euphonium Bb
16. Tuba
17. Tímpano
18. Percussão
19. Glockenspiel
20. Xilofone
21. Vibrafone
22. Harpa
23. Piano
24. Violino
25. Viola
26. Violoncelo
27. Contrabaixo



Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 18/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcelo Torca, www.marcelotorca.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários