Marcelo Torca
Cultura e Arte!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Música e Grupo Instrumental.

                 Uma forma antiga de escrever música e executar é a forma de conjunto, a própria história da música é a prova, vária formações musicais foram experimentadas e ainda hoje isso não tem fim, há sempre o que estudar ou pesquisar, seja novo ou antigo. Venho falar hoje de uma formação musical, Música GI, ou seja, música para grupo instrumental com os instrumentos: flauta-doce soprano e contralto; cavaquinho; bandolim; violão; guitarra; viola caipira; baixo; teclado; acordeão; piano; bateria; percussão. Esta formação mistura instrumentos de cordas, teclas, sopro e de percussão, dando uma característica própria para a sua execução.

                      A flauta-doce ou de bico com seu timbre suave, contribui com melodias doces, acompanhamentos sutis, onde também faz parceiras com solos com outros instrumentos, aumentando o vigor do mesmo. No momento são utilizadas as flautas soprano e contralto, sendo que o mesmo flautista faz a execução destes dois instrumentos.

                       É importante valorizar a aplicação deste instrumento, pois é antigo, há muito tempo vem sendo utilizado pelos músicos, e ainda hoje é popular, ou seja, é acessível e de certa forma tem uma boa visibilidade entre as pessoas, embora não apareça tanto, talvez pela divulgação como brinquedo, é um instrumento musical versátil, possibilitando fazer arranjos individuais e coletivos.

Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 09/05/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcelo Torca, www.marcelotorca.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários