Marcelo Torca
Cultura e Arte!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato
Textos

A Casa

A            E
A casa da rua Lemes
D                 A
Durante o dia era bela
A                    E
Um jardim glamouroso em sua entrada
C#m         G#m       C#m
Devastada e castigada pela ação
F#m
Do tempo
A              D              E
Poucas pessoas entravam nesta casa
B               F#
À noite transformava-se
E            B
Era local de terror
G#m     F#m      D#m
Sofás e cadeiras levitavam
B       E      F#              E
Copos e pratos iam de encontro ao teto
A             E        D
Espatifavam e caíam no piso
A             E        D       E  A
Formando um tapete colorido de vidro
F#m                   Bm
Ninguém tinha coragem de entrar
E       A
Era triste
G(FALADO)
Mas para Zé da Silva
Nada era impossível
Assumiu a responsabilidade
Adentrou na casa da rua Lemes
Era quase meia-noite
Verificou apenas truques cinematográficos
Sem saber o que estava acontecendo de verdade
Começou a fazer a revista
Encontrou um esconderijo secreto
Lá encontrou a família reunida
Observando a vida dos moradores no bairro
Foi sinistro
G               D
Somente o Zé da Silva
C                 G
Teve a coragem de adentrar
D            C
A casa parou de casar mal estar
D              C
Foi descoberto o segredo
G                                Em
Durante o dia câmeras espalhadas pelas ruas
Bm              Am        G
Filmavam a vida cotidiana no bairro
C               D
Durante a noite a família se reunia
C             D                 G
Para debochar da vida cotidiana no bairro
D     G
Foi sinistro.

Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 19/08/2007
Alterado em 19/08/2007
Comentários