Marcelo Torca
Cultura e Arte!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato
Textos
O Sol

Num despertar nasce ele
Sempre brilhante e comovente
Mas, nem sempre foi
Aquilo que se pensa que foi
Quem acha que foi
Pode ser que foi
Talvez enganado
Como num raio sem perceber
O que realmente que foi.
 
Num momento poderá
Ou ser claro ou ser escuro
Mas sem ele
Como poderemos enxergar
Aquilo que está envolto na manta negra
Escondendo todo o seu mal
Egoísmo e mediocridade!
A não ser que o ser supremo
Ou talvez a luz suprema interfira
Iluminando como um Sol
os caminhos iluminados
Pelo Sol que ilumina Caminhos
Como iluminados
Que se iluminam pelo Sol
 
Mas, nunca e já mais do que nunca
Existirá uma luz
Como o Sol
Poderosa
Denunciadora
e Verdadeira Luz
Que ilumina Sol.
Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 15/09/2007
Alterado em 15/09/2007
Comentários